Olá, ouvintes e ouvintas! É uma honra ter a atenção de vocês na estreia de meu podcast Beijo no Cérebro!

Este não é um conteúdo de humor, nem jornalístico, mas sim uma coluna de Política com pitadas de descontração, feita por um radialista e eleitor comum que acompanha e valoriza a vida nacional.
Estive muito próximo à atividade política desde a infância, devido a vínculos familiares, sempre com interesse especial em Propaganda Política.

A meta do Beijo no Cérebro é debater temas relevantes para o Brasil, estimular o raciocínio crítico e expor opiniões sem vínculos partidários e baseadas somente em minha postura ideológica centrada e com norte.

Não sou adesivo, nem destrutivo. A linha editorial do programa é de crítica construtiva ao universo político, de apontar erros mas também acertos, de adotar um discurso transparente em prol da imensa maioria silenciosa, que não se sente representada pela cobertura jornalística dos canais tradicionais.

Àqueles que tenham afinidade com minhas visões e escolhas, agradeço desde já pela audiência e pelo respaldo.
Àqueles que desaprovem ou desprezem meus posicionamentos, peço apenas tolerância e respeito às divergências.
Sei que é humanamente impossível agradar a todos, por isso vou tratar apenas de ser inteiramente sincero e autêntico.

Não há solução longe do jogo democrático. Demonizar a Política é permitir que ela seja feita livremente por outros, à revelia do nosso pensamento.

Recadinhos:

Reforçando, esse podcast irá ao ar todo dia 10 do mês e uma leitura de e-mails e comentários dia 24, por isso não esqueça de participar comentando no Twitter, Facebook ou por e-mail. E o mais importante, avalie esse podcast no itunes.

Agora que a fofa da FIFA descobriu a tecnologia de vídeo, mesmo sem critérios claros e transparentes, cabe à dona da bola tomar conhecimento de um novo dispositivo tecnológico capaz de prevenir injustiças na arbitragem: o CRONÔMETRO.

Tal criação engenhosa permite ao controlador do jogo, PASME!, estabelecer um período mínimo de disputa com a BOLA ROLANDO. Mas hein?!…

A novidade já é usada há décadas no handebol e no bola-ao-cesto. E, há tempos, o controle do tempo é a maior ferramenta de manipulação de resultados da atividade futebolística, rubrica?!

A indústria da cera segue lucrativa, compensando. De embacinho em embacinho, de fita em fita, de migué em migué, perdem-se para sempre momentos e espetáculos preciosos, sem que o consumidor do evento seja – em hipótese nenhuma – ressarcido pela encheção de linguiça.

Sorte do timinho, do retranqueiro, do grosso… Acorda, freguês, você sempre tem razão!”

Neste espaço, concebido por este telespectador e pedestre que vos escreve, teremos um vasto cabedal de conteúdos: textículos, áudios, fotos e vídeos.

Aqui, doravante, a humanidade conhecerá meus novos projetos de rádio, tevê e/ou internet. Sempre com fácil acesso aos meus perfis nas ditas redes sociais.

Nas próximas semanas, por fim, iniciarei um podcast inédito e exclusivo, repleto de envergadura moral, lisura político-administrativa e plena interação com os prezados ouvintes e ouvintas.

Não deixem de perder!

Ps – Registro nos anais meu agradecimento ao internauta e fanfarrão Eloi Carlos Santaroza, o popular Rosinha, cujo trabalho técnico altamente gabaritado permitiu o louvável reerguimento desta humilde morada.

Top