Agora que a fofa da FIFA descobriu a tecnologia de vídeo, mesmo sem critérios claros e transparentes, cabe à dona da bola tomar conhecimento de um novo dispositivo tecnológico capaz de prevenir injustiças na arbitragem: o CRONÔMETRO.

Tal criação engenhosa permite ao controlador do jogo, PASME!, estabelecer um período mínimo de disputa com a BOLA ROLANDO. Mas hein?!…

A novidade já é usada há décadas no handebol e no bola-ao-cesto. E, há tempos, o controle do tempo é a maior ferramenta de manipulação de resultados da atividade futebolística, rubrica?!

A indústria da cera segue lucrativa, compensando. De embacinho em embacinho, de fita em fita, de migué em migué, perdem-se para sempre momentos e espetáculos preciosos, sem que o consumidor do evento seja – em hipótese nenhuma – ressarcido pela encheção de linguiça.

Sorte do timinho, do retranqueiro, do grosso… Acorda, freguês, você sempre tem razão!”

Neste espaço, concebido por este telespectador e pedestre que vos escreve, teremos um vasto cabedal de conteúdos: textículos, áudios, fotos e vídeos.

Aqui, doravante, a humanidade conhecerá meus novos projetos de rádio, tevê e/ou internet. Sempre com fácil acesso aos meus perfis nas ditas redes sociais.

Nas próximas semanas, por fim, iniciarei um podcast inédito e exclusivo, repleto de envergadura moral, lisura político-administrativa e plena interação com os prezados ouvintes e ouvintas.

Não deixem de perder!

Ps – Registro nos anais meu agradecimento ao internauta e fanfarrão Eloi Carlos Santaroza, o popular Rosinha, cujo trabalho técnico altamente gabaritado permitiu o louvável reerguimento desta humilde morada.

Top